Aparecida (SP) recebe 55ª Assembleia Geral da CNBB

Aparecida (SP) recebe 55ª Assembleia Geral da CNBB

Esse ano o tema central da Assembleia será a “Iniciação Cristã”, além disso, os bispos devem discutir ainda assuntos do Ano Mariano, 300 anos do encontro da Imagem de Aparecida, Sínodo dos Jovens, entre outros. A abertura oficial da 55ª Assembleia Geral acontecerá no dia 26 de abril no Centro de Eventos padre Vítor Coelho de Almeida onde acontece a maior parte dos trabalhos dos bispos.

Regional do NE II realiza V CONGRELIT

Regional do NE II realiza V CONGRELIT

Entre os dias 21 e 23 de abril, a Comissão de Pastoral Litúrgica e a Comissão de Catequese do Regional Nordeste II da CNBB, realizaram o 5º Congresso Regional de Liturgia, o CONGRELIT. O Congresso foi sediado em São Lourenço da Mata-PE, na Obra de Maria.

Nota de Falecimento

Nota de Falecimento

A Diocese de Caruaru lamenta o falecimento do Monsenhor João Bosco Cabral, mais conhecido por Monsenhor Bosco.

Missa dos Santos Óleos é Celebrada na Paróquia de Fátima em Caruaru

Missa dos Santos Óleos é Celebrada na Paróquia de Fátima em Caruaru

Na última Quinta-feira Santa, 13 de abril, dia da Instituição do Sacerdócio e da Eucaristia, Dom Bernardino Marchió presidiu a Missa dos Santos Óleos e da Renovação das Promessas sacerdotais na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, contando com a presença do Clero Diocesano, seminaristas, religiosos e religiosas e todo o Povo de Deus.

  • Aparecida (SP) recebe 55ª Assembleia Geral da CNBB

    Aparecida (SP) recebe 55ª Assembleia Geral da CNBB

  • Regional do NE II realiza V CONGRELIT

    Regional do NE II realiza V CONGRELIT

  • Nota de Falecimento

    Nota de Falecimento

  • Missa dos Santos Óleos é Celebrada na Paróquia de Fátima em Caruaru

    Missa dos Santos Óleos é Celebrada na Paróquia de Fátima em Caruaru

Notícias da Diocese

24-04-2017 Diocesanas O tema proposta foi “Iniciação Cristã e seus ritos” em comunhão com o tema a ser abordado pelos Bispos na Assembleia Geral da CNBB deste ano. Participaram padres, bispos, seminaristas e leigos engajados tanto na dimensão litúrgica, quando na dimensão catequética. Da Diocese de Caruaru foram Pe. Adriano Davi (Coordenador Diocesano da Liturgia), seminaristas e leigos representando a Comissão Diocesana da Catequese.

Regional do NE II realiza V CONGRELIT

Entre os dias 21 e 23 de abril, a Comissão de Pastoral Litúrgica e a Comissão de Catequese do Regional Nordeste II da CN...

20-04-2017 Diocesanas O religioso faleceu aos 86 anos, na manhã desta quinta-feira (20), por falência múltipla dos órgãos, em decorrência de um tumor maligno localizado na próstata. O monsenhor estava internado há cerca de quinze dias quando tinha se queixado de infecção urinária e renal. O velório será realizado na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Caruaru, e na manhã da sexta-feira (21), segue para o município de Bezerros, onde será velado na Matriz de São José. O Bispo Diocesano de Caruaru, Dom Bernardino Marchió irá celebrar uma missa em intenção do religioso a partir das 15h e o sepultamento será realizado em seguida no Cemitério Nossa Senhora do Rosário. Monsenhor Bosco nasceu em Bezerros, no Agreste de Pernambuco, no ano de 1931 e desde os doze, quando entrou no seminário, se dedicou à vida religiosa. Após concluir os estudos, ele cursou Filosofia e Teologia, em Olinda, e em 1956 retornou para Caruaru onde foi ordenado padre pelo então Bispo, Dom Paulo Hipólito. No ano seguinte ele foi ordenado vigário ecônomo da Catedral Nossa Senhora das Dores onde ficou até o ano de 1984. Neste mesmo ano ele foi transferido para o Recife onde ficou até o ano de 1996, quando retornou para Caruaru e ficou responsável pela Capela de Nossa Senhora da Conceição. Nos últimos dois anos o Monsenhor Bosco estava à frente da Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Bezerros, no município em que nasceu. Em 2016 ele completou 60 anos de sacerdócio, sendo um dos mais antigos de Caruaru. A Diocese de Caruaru expressa os seus sentimentos e condolências à família e aos amigos do querido sacerdote.

Nota de Falecimento

A Diocese de Caruaru lamenta o falecimento do Monsenhor João Bosco Cabral, mais conhecido por Monsenhor Bosco. ...

15-04-2017 Diocesanas Por ocasião do centenário das Aparições de Fátima, a Paróquia que recebe o mesmo nome, localizada no Bairro Boa Vista I, em Caruaru, acolheu e preparou a Missa dos Santos Óleos. A Celebração foi muito bonita, sob os cuidados de Pe. Janailton Alves, Administrador da Paróquia. A presença dos Diocesanos foi efetiva, representando praticamente todas as Paróquias da Diocese. Os óleos dos Catecúmenos e da Unção dos enfermos foram abençoados, e o Óleo para a Crisma consagrado. Eles servirão para a distribuição destes sacramentos até a Semana Santa do próximo ano. Dom Dino lembrou ainda que o Óleo do Crisma consagrado também servirá para as ordenações presbiterais e apresentou os quatro candidatos ao sacerdócio: Edson Alves, de Tacaimbó; Jerffeson Adelino, de Santa Cruz do Capibaribe; Paulo Jorge, de Bezerros; e Vagner Caetano, de São Caetano, mas que está na Diocese de Óbidos, realizando seu estágio pastoral. Os mesmos serão ordenados diáconos próximo dia 7 de maio, na cidade de Juruti-PA, na Diocese de Óbidos. No fim da Celebração o Bispo anunciou a Paróquia que receberá a Missa dos Santos Óleos em 2018. Será na Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Aflitos e São Miguel, em Santa Cruz do Capibaribe, que estará celebrando seus 100 anos de evangelização e criação canônica. Durante a cerimônia, Dom Bernardino lançou e distribuiu aos presentes sua Carta Pastoral "O dom da vocação Presbiteral e a vida nova em Cristo" e comunicou um acidente envolvendo o Pe. Adenilton Moisés, Administrador da Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Gravatá. Ele e os outros que estavam no carro estão bem. A Missa dos Santos Óleos e da Renovação das Promessas sacerdotais é uma oportunidade singular de comunhão e unidade do Clero Diocesano e do Povo de Deus da Diocese de Caruaru. Pascom CaruaruCréditos: Rogério Barbosa

Missa dos Santos Óleos é Celebrada na Paróquia de Fátima em Caruaru

Na última Quinta-feira Santa, 13 de abril, dia da Instituição do Sacerdócio e da Eucaristia, Dom Bernardino Marchió pres...

07-04-2017 Diocesanas Os dias da Semana Santa Domingo de Ramos O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, com a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Segundo o evangelho, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os discípulos e entrou na cidade como um rei, mas sentado num jumentinho - o simbolo da humildade - e foi aclamado pela população como o Messias, o rei de Israel. A multidão o aclamava: "Hosana ao Filho de Davi!" Isto aconteceu alguns dias antes da sua Paixão, Morte e Ressurreição. A Páscoa Cristã celebra então a Ressurreição de Jesus Cristo. Segunda-Feira Santa É o segundo dia da Semana Santa, seguinte ao Domingo de Ramos, no qual se recorda a prisão de Jesus Cristo. Terça-Feira Santa É o terceiro dia da Semana Santa, onde são celebradas as Sete dores de Nossa Senhora Virgem Maria. E muito comum também por ser o dia de penitência no qual os cristãos cumprem promessas de vários tipos ou o dia da memória do encontro de Jesus e Maria no caminho do Calvário. Quarta-Feira Santa É o quarto dia da Semana Santa. Em algumas igrejas celebra-se neste dia a piedosa procissão do encontro de Nosso Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Ainda há igrejas que neste dia celebram o Ofício das Trevas, lembrando que o mundo já está em trevas devido à proximidade da morte de Jesus. Quinta-Feira Santa É o quinto dia da Semana Santa e, na manhã deste dia, nas catedrais das dioceses, o bispo se reúne com o seu clero para celebrar a Celebração do Crisma, na qual são abençoados os santos óleos que serão usados na administração dos sacramentos do Batismo, Ordenação de Padres e Bispos, Crisma e Unção dos Enfermos. Com essa celebração se encerra a Quaresma. Neste mesmo dia, à noite, são relembrados os três gestos de Jesus durante a Última Ceia: a Instituição da Eucaristia, o exemplo do Lava-pés, com a instituição de um novo mandamento (ou "ordenança") segundo algumas denominações cristãs, e a instituição do sacerdócio. É neste momento que Judas Iscariotes sai para entregar Jesus por trinta moedas de prata. E é nesta noite em que Jesus é preso, interrogado e, no amanhecer da sexta-feira, açoitado e condenado. A igreja fica em vigília ao Santíssimo, relembrando os sofrimentos de Jesus, que tiveram início nesta noite. A igreja já se reveste de luto e tristeza, desnudando os altares (quando são retirados todos os enfeites, toalhas, flores e velas), tudo para simbolizar que Jesus já está preso e consciente do que vai acontecer. Também cobrem-se todas as imagens existentes no templo, com panos de cor roxa. Sexta-Feira Santa ou Sexta-Feira da Paixão É quando a Igreja recorda a morte de Jesus. É celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e a Adoração da Cruz. A recordação da morte de Jesus consiste em quatro momentos: A Liturgia da Palavra, Oração Universal, Adoração da Cruz e Rito da Comunhão. Presidida por presbítero ou bispo, os paramentos para a celebração são de cor vermelha. Sábado Santo ou Sábado de Aleluia É o dia da espera. Os cristãos junto ao sepulcro de Jesus aguardam sua ressurreição. No final deste dia é celebrada a Solene Vigília Pascal, a mãe de todas as vigílias, como disse Santo Agostinho, que se inicia com a Bênção do Fogo Novo e também do Círio Pascal; proclama-se a Páscoa através do canto do Exultet e faz-se a leitura de 14 passagens da Bíblia (7 leituras e 7 salmos) percorrendo-se toda história da salvação, desde Adão até o relato dos primeiros cristãos. Entoa-se o Glória e o Aleluia, que foram omitidos durante todo o período quaresmal. Há também o batismo daqueles adultos que se prepararam durante toda a quaresma. A celebração se encerra com a Liturgia Eucarística, o ápice de todas as missas. Domingo de Páscoa É o dia mais importante para a fé cristã, pois Jesus vence a morte para mostrar o valor da vida. Esse dia é estendido por mais cinquenta dias até o Domingo de Pentecostes. Confira a programação da Semana Santa nas paróquias da Diocese de Caruaru  

Programação Semana Santa 2017 | Diocese de Caruaru

A Semana Santa é uma tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Ela s...

Notícias das Paróquias

05-11-2015 Paróquia Coração Eucarístico - Caruaru - PE Para a feliz comemoração deste acontecimento, estão acontecendo sagradas celebrações particulares e vários exercícios de piedade, a fim de que, ao longo do Ano da Vida Consagrada, seja promovida uma salutar devoção à São Félix e, com o seu auxílio, as práticas de piedade dos fiéis mais se conformem ao santo Evangelho. Portanto, para que seja mais abundantemente aberto para todos aqueles e aquelas que participarem das referidas celebrações o tesouro da graça divina, o Exmo. Suplicante impetra o benefício das indulgências plenárias aos fieis que participarem destes dias de celebrações a São Félix de Cantalice. Para melhor conhecer a vida de São Félix Cantalice, está à venda nos Conventos Capuchinhos e Paróquias por eles administradas o livro “O Homem do Pão”. A Penitenciaria Apostólica, por ordem do Papa Francisco, concede benignamente a Indulgência plenária, de conformidade com as costumeiras condições (confissão sacramental, comunhão eucarística e orações segundo as intenções do Santo Padre) a todos os fieis verdadeiramente arrependidos e movidos pela caridade, lucrável apenas uma vez ao dia, e aplicável também em sufrágio das almas do Purgatório, todas às vezes que, em sintonia com os objetivos do Ano da Vida Consagrada, participarem devotamente de qualquer celebração sagrada ou de algum piedoso exercício em honra de São Félix de Cantalice, ou que pelo menos se detiverem por alguns momentos diante dos seus restos mortais, ou de alguma imagem sua, e se recolherem em piedosa meditação, concluindo com o Pai-nosso, o Credo e as invocações de Nossa Senhora, de São Francisco de Assis e de São Félix. 18 DE MAIO - SÃO FÉLIX DE CANTALÍCIO RELIGIOSO (1515-1587) São Félix de Cantalice foi uma das mais populares e mais características figuras da Roma do século XVI. Nasceu na aldeia de Cantalício, pequeno povoado no sopé dos Apeninos, próximo de Rieti, em 1515. Até aos 30 anos, trabalhou no campo, como agricultor, viajando, depois, para Roma, não para gozar dos divertimentos da gente da cidade nem para melhorar sua condição de pobre e humilde. Entrou como religioso na Ordem dos Capuchinhos e, a partir de 1547, até à sua morte em 1587, dedicou- se a pedir esmola de porta em porta no Convento de São Nicolau, hoje chamado de Santa Cruz dos Luccesi. Passava pelas ruas de Roma, com o seu áspero e pobre hábito, pedindo esmola, não só para o Convento, mas também para os pobres e para os doentes. A todo aquele que lhe dava qualquer coisa dizia sempre: Deo gratias - Graças a Deus! Aos que não lhe davam nada, dizia também: Deo gratias. Por isso, bem depressa começou a ser conhecido pelo nome de Frei Deo gratias. São Filipe de Néri, o apóstolo florentino dos romanos, tornou-se o seu grande amigo. Quando São Filipe o encontrava na rua, pedia-lhe publicamente conselhos e ensinamentos. A simplicidade espontânea e popular de frei Félix rodeava-o de gratificante admiração. São Carlos Borromeu tinha-o em grande consideração, como muitos outros prelados que reconheciam naquele inculto, mas tão espiritual capuchinho, uma capacidade intelectual extraordinária. Predisse a Sisto V que este seria Papa e aconselhou-o a comportar- se dignamente quando o fosse. Viram-se muitas púrpuras cardinalícias e dignidades prelatícias a inclinar-se diante daquele aldeão, vestido de hábito capuchinho. Félix tinha temperamento místico. Dormia apenas 3 horas por dia. O resto da noite consagrava-o, na igreja, à oração, na contemplação dos mistérios da vida de Jesus. Comungava todos os dias o Corpo do Senhor. Nos dias santos era seu costume fazer a peregrinação às Sete Igrejas de Roma ou, então, visitava os doentes nos diversos hospitais da cidade. Alimentou sempre terna devoção para com Nossa Senhora que lhe apareceu muitas vezes e lhe entregou o Menino Jesus que ele estreitava amorosamente nos braços. Morreu aos 72 anos, no dia 18 de maio de 1587, arrebatado numa visão de Nossa Senhora. A sua sepultura, na igreja da Imaculada Conceição dos Capuchinhos de Roma, converteu-se em lugar de peregrinação. Foi canonizado por Clemente XI, a 22 de maio de 1712. Oração Senhor, que em São Félix de Cantalice destes à vossa Igreja e à Ordem dos Frades Menores Capuchinhos um admirável modelo de simplicidade evangélica, concedei-nos que, a seu exemplo, edifiquemos o vosso povo com a mesma irradiante alegria que o tornava amável para com todos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Charles Cavalcanti.

Capuchinhos Celebram os 500 anos de São Félix Cantalice em Caruaru

Os Frades Menores Capuchinhos do Nordeste do Brasil, estão comemorando neste ano de 2015, os quintos anos de nascimento ...

05-11-2015 Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Caruaru - PE Desde outubro do ano passado, a comunidade paroquial realiza atividades missionárias e celebrativas para destacar estas comemorações. Maria, a mãe companheira e intercessora se alegra conosco e canta todos os Exutat’s e Magnificat’s da louvação ao Pai, pois Ele tem demonstrado em nosso meio, grandes feitos, pelas mãos da grande Mãe.   A Paróquia Nossa senhora de Fátima, recorda em suas festividades, a Peregrinação da imagem de Nossa Senhora de Fátima no mês de abril. Uma experiência singular que ficou marcada nos anais de nossa história e no coração dos devotos. Grandes graças foram recebidas, tudo para marcar o jubileu de prata e o centenário das Aparições da Virgem em Portugal (2017). O ano de 2015 foi esperado com expectativas, pois celebrar a historia de uma comunidade é fazer memória de todos os seus atos e passos, durante este ano comemoramos em nossas celebrações e formações a trajetória desta missão. Aqui, em poucas linhas deixamos um traço de tudo que foi vivenciando em nosso meio paroquial: Nos meados da década de 80, os frades capuchinhos iniciaram sua missão e primeiras celebrações num terreno baldio localizado na futura construção das Cohab’s I e II. Um barracão de zinco era o lugar das liturgias e o espírito franciscano dos frades capuchinhos acompanhava o novo povo de Deus que estava se formando, além das comunidades da Vila Kennedy com a presença da Ir. Siciliana e as comunidades Rurais do 4º Distrito de Caruaru. A Paróquia do Convento acompanhou e viu crescer essa nossa querida Paróquia e nós devemos muito ao apoio do Frei Bernardino e Frei Tito de Piegaio, baluartes da nossa história. Dom Augusto Carvalho, com seu olhar de pastor quis acompanhar melhor esse início enviando a missionária Ir. Werburga (Beneditina). Amigos na missão em Caruaru, os dois sonharam e vislumbraram uma Futura Paróquia nestas terras. A Ir. Werburga com o projeto da Obra Kolping fez acontecer a ação de Jesus de relacionar fé e vida. Nas Obras sociais da Kolping o povo também rezava, celebrava a eucaristia, era catequizado, crescia os movimentos, grupos de jovens e da terceira idade. Inicia-se então, a construção da grande igreja matriz, inspirada no estilo arquitetônico alemão. Depois de um bonito trabalho, chegou a hora de enviar um padre para essa comunidade nascente, o Pe. Quirino fez uma experiência de 4 meses, mas quem realmente chegou pra ficar mais tempo foi o Pe. Sivonaldo, e nessa ocasião, trabalhando com inúmeros leigos fez acontecer tantas maravilhas, em construção de igrejas, como em formação desse povo. Enfim, no dia 13 de outubro de 1990, Dom Augusto Carvalho cria a Paróquia e por ter uma devoção a Nossa Senhora de Fátima, a comunidade inteira declara Maria padroeira com este título. Foi uma grande festa, muitos padres estiveram presentes. A partir de então, as comunidades urbanas e rurais foram crescendo, muitas igrejas construídas e o centro de pastoral. O caminho se faz e o Pe. Heleno José chega à Paróquia e com seu jeito cativante continua os trabalhos. É um tempo de formação e de reorganização pastoral e de fortalecer o espírito missionário nas comunidades, com a presença de seminaristas e religiosas. Novas comunidades foram surgindo, novas igrejas também. O surgimento de várias pastorais e movimentos sustentavam a vida eclesial. A aquisição da casa paroquial foi um sonho realiza pelos paroquianos e a conclusão do centro pastoral também, quando na ocasião dos 10 anos da Paróquia foi inaugurado. Pe. Heleno deu início no final do seu pastoreio, a reforma da igreja matriz, auxiliado pelo então seminarista Silvano, hoje Padre. Novos ares estavam se aproximando. Com a ordenação do filho da Paróquia Pe. Zenilson, e com as necessidades pastorais de nossa diocese, o então Bispo Dom Dino decide trazer o Pe. Janailton e o Pe. Zenilson para dar continuidade aos trabalhos. E no dia 28 de Janeiro de 2006, eles assumem o pastoreio. Pe. Zenilson, fica responsável pela Área Pastoral Sagrada Família e Pe. Janailton com as comunidades da Paróquia Nossa senhora de Fátima. Foi um momento de aprendizagem, os padres cresceram na experiência da administração e na evangelização. O Pe. Janailton deu continuidade a reforma da matriz, construiu uma nova casa paroquial, reformou várias igrejas e continua preservando com zelo os bens da comunidade, como acompanha com delicadeza a ação pastoral das comunidades, pastorais e movimentos dessa viva Paróquia. O Pe. Bartolomeu chega na Paróquia para assumir a Área Pastoral Sagrada Família e vem juntar forças e animar o seu povo na missão peculiar de suas comunidades. No dia 13 de outubro de 2009, o Sr. Edson Ximenes, depois de um tempo de formação é ordenado Diácono da Igreja e hoje grande colaborador. Os carismas e ministérios crescem em meio a nós. Portanto, hoje celebrando 25 anos de história, queremos cantar o nosso TE DEUM, e dizer: valeu apena tudo que temos vivido. Somo hoje uma família de 10 comunidades: a matriz (Boa Vista I-II),JardimPanorama, Jardim Boa Vista, João Mota, Três Bandeiras, Firmeza, Lajedo do Cedro, Japecanga, Xique-xique, Maria Clara e a Área Pastoral Sagrada Família.Os grupos: Pastoral da Família, ECC, EJC, ENC, Grupo Ressurreição (RCC), Catequese de Batismo, 1ª. Eucaristia, Crisma, Ministérios de música, Apostolado da Oração, Legião de Maria, Mãe Rainha, Cenáculo da Graça, Capelas de Santa Teresinha, Terço dos Homens, Ministros da Eucaristia, Liturgia, Coroinhas, Equipe do Dízimo e da acolhida, Pastoral da Criança e da Pessoa Idosa. Somos uma família que caminha na estrada de Jesus, que busca acertar e, na missão encontrar o sentido da nossa fé e da nossa vida, em comunhão com a sociedade e a Igreja de Jesus Cristo. Parabéns Paróquia Nossa Senhora de Fátima. Parabéns a todos que fizeram, fazem e farão esta linda história. Deus seja Louvado por tudo! Amém! Pe. Janailton Alves dos Santos

Festa de N. Sra. de Fátima 2015

“O Todo Poderoso fez grandes coisas em meu favor” Lc 1,49. Com o Hino de Maria, a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, s...

10-11-2015 Paróquia Coração Eucarístico - Caruaru - PE O encerramento dos festejos do santo “Deo Gratias” aconteceu na celebração Eucarística das 18h, em seguida foi partido o bolo de aniversário do Convento e também, aniversário do Frei José Romildo Honorato do Nascimento, residente nesta fraternidade com a comunidade. Portanto, foi uma tríplice celebração. Charles Cavalcanti.

Capuchinhos celebram os 80 anos do Convento Sagrado Coração de Jesus

Os fieis frequentadores da igreja no Convento Sagrado Coração de Jesus em Maceió-AL, comemoraram neste domingo 08 de nov...

11-11-2015 Paróquia São José - Caruaru - PE “Jesus é a Palavra de Deus que se fez carne e veio morar no meio de nós (Jô 1,14). Supremo comunicador do Pai, optou por um processo inculturado e dialógico de comunicação, que se apresenta como um modelo básico para os projetos de comunicação de sua Igreja.” “Documentos da CNBB 59” Objetivo da PASCOM na Paróquia: 1- Ajudar na integração da comunidade.2- Participar da ação da comunidade na sociedade.3- Integrar todas as demais pastorais Plano de ação da PASCOM na Paróquia.4- Melhorar a comunicação entre as pastorais.5- Melhorar a comunicação entre a comunidade e a Assembléia.6- Promover a página do facebook e o site da paróquia. Planejamento: Saber diferenciar qual o mecanismo de comunicação que será mais apropriado a determinados tipos de evento e para qual público. Com a PASCOM na paróquia todos terão acesso aos meios de comunicação nas suas diversas dimensões, por meio da pastoral será possível manter informado em tempo real do que acontece na Paróquia. Por fim a equipe ficou satisfeita e apesar do pouco tempo, conseguiram esclarecer dúvidas e aprimorar cada vez mais os conhecimentos sobre a comunicação utilizada por todos os comunicadores envolvidos na propagação da Palavra de Deus. Clique aqui para visualiar as imagens!

Paróquia São José realizou encontro de Formação

A PASCOM (Pastoral da Comunicação) da Paróquia de São José realizou neste dia 07 de Novembro uma formação, que tem como ...

Notícias Mundo Católico

24-04-2017 Mundo Católico Os trabalhos dos bispos durante a Assembleia começam com a missa diária no Santuário Nacional com laudes, sessões pela manhã e a tarde; no final de semana acontece o retiro dos bispos e os encontros da Assembleia se concluem no dia 04 de maio. São esperados mais de 300 bispos ativos e eméritos, dos dezoito regionais da CNBB para o maior encontro do episcopado brasileiro que acontece anualmente e resulta em importantes decisões para a Igreja do Brasil. A cada dia os bispos concedem entrevistas coletivas sempre às 15h, na Sala de Imprensa do Centro de Eventos, com a presença de três bispos designados pela Presidência da Assembleia.

Aparecida (SP) recebe 55ª Assembleia Geral da CNBB

Esse ano o tema central da Assembleia será a “Iniciação Cristã”, além disso, os bispos devem discutir ainda assuntos do ...

14-03-2017 Mundo Católico O cardeal argentino Mario Jorge Bergolio foi apresentado ao mundo como papa Francisco e trouxe para o balcão da Basílica de São Pedro, no momento de sua apresentação, o cardeal brasileiro, arcebispo emérito de São Paulo, dom Claudio Hummes, presidente da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia da CNBB. Os 4 anos do pontificado do Papa será lembrado em programa especial da Globonews que será apresentado nesta quarta-feira, 15 de março, as 23 horas no canal de notícias da Globosat. Dom Sergio da Rocha, cardeal arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, vai participar do programa mediante entrevista concedida ao jornalista Gerson Camarotti. A primeira das notícias em destaque para o quinto ano de pontificado do Papa Francisco será uma nova viagem apostólica anunciada pelo Vaticano. O Papa Francisco viajará à Colômbia, de 6 a 11 de setembro, onde visitará Bogotá, Villavicencio, Medellín e Cartagena.

Presidente da CNBB fala sobre os 4 anos do pontificado do Papa Francisco

Nesta segunda, 13 de março, completam-se 4 anos que o mundo conheceu o 266º sucessor do Apóstolo Pedro na Igreja Católic...

09-03-2017 Mundo Católico “A vida dele é correr e brincar”, disse o frade Jorge Fernandez ao site de notícias The Dodo. “Aqui, todos os irmãos amam muio ele. Ele é uma criatura de Deus.” O frei honorário Bigode tem até trajes a caráter do seu novo lar e obedece todos os seus deveres como monge. “Se todas as igrejas do nosso país adotassem um cachorro e cuidassem dele como fazem com o Frei Bigode, eu tenho certeza que os paroquianos seguiriam esse exemplo”, disse o Proyecto Narices Frías (Projeto Narizes Frios), um abrigo de animais local, em sua página do Facebook.

Monges adotam cachorro e o tornam frei honorário

Um cão de rua foi adotado por monges e acabou se tornando um frei honorário, na Bolívia. Frey Bigotón (Frei Bigode) foi ...

09-03-2017 Mundo Católico Leia a nota: Brasília, 08 de março de 2017 Prezado Irmão, Dom Delson Pedreira Cruz. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebe com alegria a sua nomeação como Arquidiocese da Paraíba. Manifestamos também a nossa gratidão ao Papa Francisco pelo cuidado permanente com a Igreja no Brasil. Desejamos que seu novo pastoreio seja cheio de frutos. E para celebrar essa nova fase do seu ministério episcopal trazemos as palavras do Papa Francisco dirigida aos participantes do Encontro com Bispos Novos em setembro de 2014: “nos Pastores que Cristo concede à Igreja, Ele mesmo ama a sua Esposa e oferece a sua vida por Ela (cf. Ef 5, 25-27). O amor torna semelhantes aqueles que o compartilham; por isso, tudo o que é belo na Igreja provém de Cristo, mas também é verdade que a humanidade glorificada do Esposo não desprezou as nossas características. Dizem que depois de anos de intensa comunhão de vida e de fidelidade, até nos casais humanos os traços da fisionomia dos esposos se comunicam gradual e reciprocamente, e ambos acabam por se assemelhar um com o outro”. Enviamos o nosso abraço de agradecimento pelo serviço prestado à Igreja pelo Administrador Apostólico dom Genival Saraiva de França no período de Vacância da Arquidiocese da Paraíba. Recordamos seu lema episcopal “Ide aos meus irmãos” (Jo 20,17) para invocarmos as bênçãos para sua vida e nos unimos ao clero e às comunidades da Arquidiocese da Paraíba para acolher o novo Pastor e para rezar pela sua ação evangelizadora. Em Cristo, Leonardo Ulrich SteinerBispo Auxiliar de Brasília – DFSecretário-Geral da CNBB

Saudação da CNBB a Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz era bispo de Campina Grande (PB) O secretário geral da Conferência Nacional dos Bisp...

Santo do Dia

  • 27 Abr 2017 : Santa Zita

    27 Abr 2017 : Santa Zita Com muito carinho e devoção lembramos – neste dia – da santidade de vida de Santa Zita, padroeira das empregadas do lar. Nascida em Lucca (Itália), no ano de 1218, em uma família pobre e camponesa, mas que soube comunicar a ela a[…]

    Read more...

Pensamento do dia

  • Queridos jovens, não tenhais medo de dar tudo. Cristo nunca desilude.

Foto Mensagem


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/dioce360/public_html/modules/mod_jw_srfr/helper.php on line 40
telefone

Lista Telefonica

Ache na Nossa Lista Online
telefones e endereços de paróquias, Padres, instituições, Comunidades e muito mais.

CLIQUE AQUI ACESSAR>>
0853070116

Acenda sua

Velinha Digital

Acender uma vela digital é uma forma de manter a sua fé acesa.

ACENDER VELINHA >>

Artigos

Dom Dino

Leia todos os artigos publicados!

LEIA AGORA >>