Conselhos para ser santo!

Muitas vezes o Papa Francisco falou sobre os passos que devemos percorrer par alcançar a santidade:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1. Santo não é super-heroi
Muito ao contrário do que se pensa, santos não são super-heróis, mas pecadores. Um caminho que compreende humildade e sofrimento para deixar que Cristo nos santifique. “Humilhação nossa, para que o Senhor cresça”, é regra da santidade. “Os Santos não são super-homens e nem nasceram perfeitos. São pessoas que antes de chegar à glória do céu viveram uma vida normal, com alegrias e tristezas, fatigas e esperanças, mas quando conheceram o amor de Deus, o seguiram de coração, sem nenhuma condição ou hipocrisia”.

2. Inimigos podem ser santos
Ao citar a conversão de São Paulo, que de inimigo da Igreja tornou-se santo, o Papa Francisco garante que o coração de Saulo mudou, mas Paulo não se tornou um herói. Ele pregou o Evangelho em todo o mundo e terminou a vida com um pequeno grupo de amigos, em Roma, até ser morto, à imitação de Jesus Cristo.

3. Não existe curso de santidade
O Papa explica que as Cartas de São Paulo são endereçadas a pessoas que pecam, mas são filhos da Igreja santificada pelo Corpo e Sangue de Cristo. “A santidade é um dom de Jesus à sua Igreja e para fazer ver isto Ele escolhe pessoas em que se vê claro o seu trabalho para santificar”, afirma o Santo Padre.

4. Santidade é vocação para todos
“Os Santos, amigos de Deus, nos asseguram que esta promessa não decepciona. sua existência terrena, eles viveram em profunda comunhão com Deus, tornando-se semelhantes a Ele. No rosto dos irmãos humildes e desprezados eles viram o rosto de Deus, e agora o contemplam face a face em sua beleza gloriosa”, disse Francisco.

5. Servir com alegria
Os santos “dedicaram suas vidas a serviço dos outros, suportaram sofrimentos e adversidades sem odiar e respondendo ao mal com o bem, difundindo alegria e paz. Os santos nunca odiaram. O amor é de Deus, mas o ódio vem de quem? Vem do diabo. Os santos são homens e mulheres que têm alegria no coração e a transmitem aos outros.”

6. Não é privilégio de poucos
“Ser santos não é um privilégio de poucos, como se alguém recebesse uma grande herança. Todos nós recebemos a herança de nos tornarmos Santos no Batismo. Ser santo é uma vocação para todos. Todos nós somos chamados a percorrer o caminho da santidade e o caminho que leva à santidade tem um nome e um rosto: Jesus Cristo. No Evangelho, Ele nos mostra a estrada das Bem-Aventuranças”.

7. Cara de santinho
A santidade é consistente, não é oca. “Alguns pensam que a santidade é fechar os olhos e fazer cara de santinho! Não, a santidade não é isto! A santidade é algo maior, mais profundo, que Deus nos dá”. O Senhor não nos chama para algo pesado, triste. Ele convida a compartilhar a alegria.

8. Pais e avós santos
Ao ensinar com paixão aos filhos ou netos a conhecerem e a seguirem Jesus se alcançar a santidade. Ser bons pais e avós exige muita paciência. É, justamente, exercitando esta paciência que acontece a santidade.

9. Sem fofoca
Um passo importante é não falar mal de ninguém. O Papa dá como exemplo um mulher que ao mercado fazer compras e encontra uma vizinha. Começam a falar “e depois vêm os mexericos”. Mas, quando a mulher decide romper com esta atitude e diz: “Não, não, não, não posso dizer mal de ninguém”, torna-se um passo para a santidade.

10. Orar para ser santo
A oração é um outro passo para a santidade. Ir à missa ao domingo, comungar, confessar-se. A recitação do Rosário contribui para nossa santidade. Ao rezar na rua, ver um pobre, devemos parar e dar atenção a esse necessitado: é um passo rumo à santidade! São pequenas coisas. “Cada passo rumo à santidade fará de nós pessoas melhores, livres do egoísmo e do fechamento em nós mesmos, abertos aos irmãos e às suas necessidades”, ensina Francisco.

Dom Bernardino Marchió
Bispo Diocesano de Caruaru

 

Acessos: 576
telefone

Lista Telefonica

Ache na Nossa Lista Online
telefones e endereços de paróquias, Padres, instituições, Comunidades e muito mais.

CLIQUE AQUI ACESSAR>>
0853070116

Acenda sua

Velinha Digital

Acender uma vela digital é uma forma de manter a sua fé acesa.

ACENDER VELINHA >>

Artigos

Dom Dino

Leia todos os artigos publicados!

LEIA AGORA >>