Dec 21

A Riqueza Simbólica do Natal

ZjRiODM5MGItODU OTk3N LEstamos num tempo de preparação, ocasião oportuna para providenciarmos com antecedência reformas, aperfeiçoamentos, embelezamento, tudo isto com um fim específico, que é a vinda do Menino Jesus. É claro que o principal aperfeiçoamento deve ser interior, porque é no coração de cada um que Ele quer chegar e habitar.

Essa "casa" deve estar limpa, iluminada e aberta, onde, ao chegar, Jesus encontre uma árvore toda enfeitada com pingentes de amor, traduzidos em partilha, solidariedade, paciência, cora¬gem, respeito, oração, desapego, paz... Assim deve permanecer nossa casa interior, onde Jesus habitará por toda a vida.

Mas, temos também uma casa exterior na qual habitamos, e, ao aproximarem-se as festas natalinas a enchemos de símbolos, que muitas vezes nem sabemos o que representam. O comércio oferece uma enorme variedade, cuja beleza convida a adquiri-los, para deixarmos nossa casa mais bonita.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 912
Dec 21

"E o Verbo se fez Carne e habitou entre nós"

10.16.21.12.15Com o tempo do Advento, iniciamos um novo ano litúrgico e nesse tempo somos convidados a refletir sobre dois aspectos da vinda de Cristo: aquela história, já realizada, e aquela escatológica, que ainda não foi alcançada.

O Advento, portanto, não é uma simples preparação para o Natal. É o tempo vivido sob o sinal da vinda do Senhor: que veio e que há de vir. A primeira é fundamento da segunda e a segunda é o seu coroamento. Assim, durante esses dias que antecedem o Natal, em nossa preparação, não podemos simplesmente ficar presos ao passado nem voltados a um futuro distante, pois esses dois eventos estão estreita-mente associados. Entre a primeira e a segunda vinda se coloca a vida da Igreja, que celebra o único mistério de Cristo (o Cristo que veio e que virá), celebra no hoje a sua "vinda", recordando aquela histórica e aquela final.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 2302
Dec 11

O Ano da Misericórdia será intenso, será uma preparação para a segunda vinda de Cristo

papa jubileu da misericordiaA Palavra meditada está em São Matheus 25, 31-46: “Quando o Filho do Homem voltar na sua glória e todos os anjos com ele, sentar-se-á no seu trono glorioso. Todas as nações se reunirão diante dele e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. Colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda.

Então o Rei dirá aos que estão à direita: – Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo, porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim. Perguntar-lhe-ão os justos: – Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer, com sede e te demos de beber? Quando foi que te vimos peregrino e te acolhemos, nu e te vestimos? Quando foi que te vimos enfermo ou na prisão e te fomos visitar? Responderá o Rei: – Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 1388
Dec 11

Feliz é aquele que não Vê, mas Crê

Jesus Cristo por Simon Dewey“Acontece que Tomé, um dos discípulos, que era chamado de ‘o Gêmeo’, não estava com eles quando Jesus chegou. Então os outros discípulos disseram a Tomé:

- Nós vimos o Senhor!

Ele respondeu:

- Se eu não vir o sinal dos pregos nas mãos Dele, e não tocar ali com o meu dedo, e também se não puser a minha mão no lado Dele, não vou crer!

Uma semana depois, os discípulos de Jesus estavam outra vez reunidos ali com as portas trancadas, e Tomé estava com eles. Jesus chegou, ficou no meio deles e disse:

- Que a paz esteja com vocês!

Em seguida disse a Tomé:

- Veja as Minhas mãos e ponha o seu dedo nelas. Estenda a mão e ponha no Meu lado. Pare de duvidar e creia!
Então Tomé exclamou:
- Meu Senhor e meu Deus!
- Você creu porque Me viu? - disse Jesus. - Felizes são os que não viram, mas assim mesmo creram!” (JOÃO 20 v. 24-29)

Data de Publicação Acessos: 2480
Dec 09

10 perguntas essenciais sobre o Ano Santo da Misericórdia

jubileu papaNo dia 8 de dezembro, festividade da Imaculada Conceição, o Papa Francisco abriu a Porta Santa na Basílica de São Pedro de Roma, ao mesmo tempo em que foram abertas as portas santas de todas as dioceses do mundo, para que todos possam viver o Jubileu.

Apresentamos, a seguir, 10 perguntas essenciais sobre como viver o Ano Santo, de acordo com a bula papal “Misericordiae vultus” (MV), com a qual o Papa convocou este jubileu.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 2840
Dec 09

É a hora da misericórdia

09.12 ano da MisericordiaO papa Francisco abriu no dia 08 de dezembro o Ano Santo da Misericórdia. Os anos santos são um costume na Igreja Católica e começaram a ser convocados desde 1300. Os motivos que levaram os papas a fazê-lo foram os mais variados: desde pias intuições para celebrar a redenção ou a encarnação, até mesmo estratégias de marketing para atrair multidões de peregrinos e enriquecer o caixa da Igreja de Roma.

Nos últimos tempos, os anos santos têm passado por uma purificação e têm servido para comemorar datas significativas de nossa fé como também para lançar mensagens e apelos ao mundo. Neste sentido se insere o inédito e significativo Ano Santo da Misericórdia.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 1888
Dec 09

Contemplar a Pobreza de Deus, com Francisco, na Simplicidade do Presépio

09.12 presepioNo tempo do Advento, ao entrarmos nas igrejas nos deparamos com as tão esperadas “lapinhas”, que enchem nossos olhos de beleza e ao mesmo tempo aquecem nosso coração de um sentimento radiante de alegria e amor ao vermos a simplicidade da representação do nascimento do Deus menino, exaltada nas mais diversas formas de arte. Essa tradição de recriar a cena do dia do nascimento de Jesus remonta à inspiração que teve o nosso Pai São Francisco, que é tido como o criador do presépio.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 1629
Dec 09

O que é uma “Porta Santa”?

Porta Santa São João de LatrãoCom a intenção de lembrar isto aos fiéis, Martinho V abriu pela primeira vez a Porta Santa da Basílica do Latrão como marco inicial do Jubileu de 1423. Somente em 1499 o costume foi estendido à Porta Santa da Basílica de São Pedro, por desejo de Alexandre VI.

Na verdade, os Anos Santos já existiam bem antes de começar o costume de abrir as Portas Santas e em sua passagem, lucrarem-se indulgências. Em 1300, Bonifácio VIII convocou um jubileu pela primeira vez e muitos peregrinos foram à Roma também atraídos pela veneração da famosa relíquia do véu de Verônica. Foi instituída a regra de celebrar-se um jubileu apenas a cada 100 anos.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 1548
Nov 24

Ação e Omissão Humanas

12274399 1006179236099139 7327685269629582710 nO ser humano, direta ou indiretamente, está ligado aos acontecimentos que fazem parte dos registros da história. Em alguns, sua ação ou sua omissão é visivelmente identificada; em outros, como um fenômeno da natureza, situado num determinado tempo e lugar, parece que inexiste essa marca; de fato, pode não ser identificada, de imediato, uma relação de causa e efeito, mas, de qualquer maneira, nele haverá um traço da condição humana, ao menos no plano de suas consequências.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 662
Nov 05

Francisco de Roma: Diplomático, Político e Profético

10.46.14.10.15A viagem recentemente feita pelo papa Francisco à Cuba, Estados Unidos e à sede da ONU foi um sucesso do ponto de vista diplomático e político.

Leia mais...

Data de Publicação Acessos: 1080
telefone

Lista Telefonica

Ache na Nossa Lista Online
telefones e endereços de paróquias, Padres, instituições, Comunidades e muito mais.

CLIQUE AQUI ACESSAR>>
0853070116

Acenda sua

Velinha Digital

Acender uma vela digital é uma forma de manter a sua fé acesa.

ACENDER VELINHA >>

Artigos

Dom Dino

Leia todos os artigos publicados!

LEIA AGORA >>